Olá empreendedor, e aquela conversa que tivemos sobre ser infoprodutor? Aliás, tivemos algumas. Mas você já parou para pensar que os afiliados também podem trazer mais audiência ainda para o seu negócio, além de vender o seu produto?

Sim, é mais uma maneira de potencializar as suas vendas. Vamos descobrir como?

Publicamos recentemente um artigo onde a gente explica exatamente como se tornar um afiliado, veja. Mas fique tranquilo, vamos abordar os principais pontos aqui.

Vamos lá, o que é Marketing de Afiliados?

É basicamente uma representação de vendas. Você como infoprodutor vai lançar um produto em alguma plataforma. Há pessoas (afiliados) que escolhem determinado produto para representar e vender.

E para cada produto vendido, o afiliado ganha uma comissão. É uma via de mão dupla, já que o produto é vendido e o afiliado ganha um valor pela venda – sem contar que o infoproduto é entregue instantaneamente.

Mas não é tão fácil. Primeiro o afiliado se “candidata” e o infoprodutor precisa aprovar essa representação.

E aqui vai a pergunta do milhão para você: Como gerar tráfego com afiliados?

Gerar tráfego não é tão simples como parece. Não é apenas lançar um anúncio na web. Nesse anúncio você precisa definir bem a sua persona para que o seu investimento não seja em vão.

A sua melhor chance de gerar tráfego com seu afiliado é alinhar ao nicho dele. O que ele mais faz? Anuncia no Youtube através de vídeos, ou através de posts no Instagram ou Facebook? Ou ele utiliza e-mail marketing?

Dessa forma você vai entender o perfil do seu afiliado, dar e receber mecanismos para vender mais o seu produto, gerando tráfego.

A resposta real é: conheça o seu afiliado.

O afiliado deveria utilizar tráfego pago ou tráfego orgânico?

Depende. Existem várias situações aí. É preciso entender o nicho principalmente. Há quem diga que é melhor tráfego orgânico, há quem diga que o pago é melhor, e há quem diga que deve-se aliar os dois.

Uma ideia lógica é que o afiliado quer lucrar o máximo que puder, porque ele também é um vendedor e depende das comissões.

Por isso é mais lógico acreditar que ele utilize o tráfego orgânico por este ser de custo menor, apesar de mais trabalhoso. Pense bem: aqui ele vai ter uma comissão maior, não é mesmo?

Audiência instantânea

Esse é um clássico exemplo dos afiliados com grande audiência. Sim, estamos falando sobre os queridinhos da internet, os youtubers. Eles também trabalham como afiliados, apesar de alguns cobrarem uma fortuna para anunciar determinado produto.

A questão é que dependendo do seu objetivo, e da sua disponibilidade financeira vale a pena.

Sem contar que eles vão gerar um tráfego absurdo para o seu site.

Parceria efetiva

Como explicamos aqui em um artigo sobre tráfego pago, a tarefa de investir em publicidade é fácil, mas nem todo mundo que está começando tem um bom capital para investir, sobretudo os infoprodutores iniciantes.

E por às vezes não ter uma persona certa, os anúncios podem ser um fiasco e virarem perda de dinheiro.

Por isso o tráfego orgânico se faz importante nessa etapa. Trabalhar com parcerias em blogs e construção de audiência tanto para o produtor como para o afiliado é importante.

Este com certeza não é o caminho mais fácil para se vender algo, mas é o mais garantido em prol do negócio.

Estratégias e público-alvo

É importante lembrar que o ranqueamento é importante e você precisa se atentar para as palavras-chave e os títulos. As estratégias de SEO também precisam estar presentes, para o afiliado e para o infoprodutor.

E conhecer o público, né. De nada adianta atirar se não há um alvo. Já dissemos isso aqui e é necessário repetir: você precisa conhecer a sua persona!

O público varia bastante. Nem tudo que um adolescente consome um adulto também consome. Direcione toda a sua comunicação para o nicho do seu produto, e gere tráfego para ele.

Super dica

Existe uma ferramenta poderosa que detecta tendências mundiais. Pode ser de extrema valia para você.

Estamos falando do Google Trends, você conhece? Pois deveria.

Google Trends

Com ela você vai saber o que será tendência daqui a algum tempo e isso é mágico, porque você sairá na frente de muita gente para vender o seu infoproduto.

Conclusão:

Gerar tráfego não é uma tarefa fácil, sobretudo em algo bem segmentado. Mas não é também um bicho de sete cabeças.

O que você precisa fazer mesmo é delimitar bem o seu campo de atuação e por a mão na massa.

Com o grande esforço haverá um grande retorno orgânico tanto do seu próprio produto como do seu afiliado para o seu produto.

Até a próxima!